Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Últimas Nóticias > Projeto Loná promove ações na comunidade do Camargo
Início do conteúdo da página
Últimas Nóticias

Projeto Loná promove ações na comunidade do Camargo

  • Publicado: Sexta, 16 de Setembro de 2016, 16h09
  • Última atualização em Sexta, 27 de Janeiro de 2017, 18h33

Loná, caminho na língua yorubá, é um projeto de extensão entre o campus Venda Nova do Imigrante e a comunidade do Camargo, localizada no distrito de São João de Viçosa. A proposta surge de uma parceria entre os Laboratórios de Geografia e Artes do campus e a Associação de moradores do Camargo.

O projeto teve início no começo do ano 2016, é um Projeto Plural que oferece curso Pré Ifes, Pré-Enem, oficina de Eco Arte, que consiste  arte, cultura e geração de renda dialogando com o Programa de Extensão “cata Papel e Inventa Moda - Reciclagem e Produção” e oficina de capoeira também gratuitamente oferecida em parceria com o grupo Bahia-Capixaba, nas pessoas do Mestre Boca Preta e aluno graduado Golias.

"Dialogando com o princípio de Paulo Freire de que toda a educação é política, ou seja, qualquer forma de educação – portanto, não só a escolar, mas também a familiar, a religiosa, a midiática, comunitária e consciente que não existe uma educação neutra. Assim sendo, dado o contexto e o que levou o nosso projeto, Loná, a existir, não poderíamos nos eximir de um caráter político definido em nossa forma de organização e ação educativa – em outras palavras, nossa pedagogia não existiria sem uma postura política na construção da cidadania", diz o professor Frederico Carvalho, um dos coordenadores do projeto.

IMG 2525 menor

Os resultados parciais do projeto são extremamente positivos, todas as atividades tem atingido o público proposto em quantidade satisfatória, principalmente a Capoeira, a relação da Comunidade com o Ifes tem avançado sensivelmente, sobretudo nas falas, onde os participantes afirmam querer frequentar a escola e indica-la a seus familiares, vizinhos e amigos. Mesmo por enquanto não havendo parcerias financiadoras, todo os grupos voluntários (pré-ifes, pré-enem, eco arte e capoeira) envolvem semanalmente um público de mais de 50 pessoas, entre; crianças, jovens, adultos e idosos.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página